Gabinete de Estudos, Planeamento e Estatísticas

A Universidade Agostinho Neto, abreviadamente UAN, é herdeira dos antigos Estudos Gerais Universitários, institucionalizados durante o regime colonial, no ano de 1962, através do Decreto-lei 44530, de 21 de Agosto, integrados na Universidade Portuguesa.

Em Dezembro de 1968, os Estudos Gerais Universitários são transformados em Universidade de Luanda (Decreto-lei 48790, de 23 de Dezembro). Em 1976, um ano após a proclamação da independência, através da portaria 77-A/76, de 28 de Setembro, a Universidade de Luanda toma a designação de Universidade de Angola.

No dia 24 de Janeiro de 1985, por força da Resolução 1/85, do Conselho de Defesa e Segurança (DR 9-1ª Série, 28/1/1985) a Universidade de Angola passa a chamar-se Universidade Agostinho Neto (UAN), em memória ao primeiro Presidente de Angola e primeiro Reitor da Universidade de Angola, Dr. António Agostinho Neto.

Até 2009, a UAN foi a única Instituição de Ensino Superior em Angola, com Centros Universitários em algumas das 18 províncias do país. Depois do seu redimensionamento segundo o Decreto nº 7/09, de 12 de Maio, a UAN passou a pertencer à I Região Académica, que abrange as províncias de Bengo e de Luanda.

A UAN encontra-se estruturada em nove Unidades Orgânicas, designadamente: 7 Faculdades, 1 Instituto Superior e 1 Escola Superior, que ministram 43 cursos de graduação, 13 de especialização, 31 de mestrado e 7 de Doutoramento.
As Unidades Orgânicas estão estruturadas em Departamentos de Ensino e Investigação (DEI), onde são ministrados os cursos ao nível de Graduação (bacharelato e licenciatura) e de Pós-graduação (Cursos Curtos, Especialização, Mestrados e Doutoramentos).

Metodologia de elaboração das tabelas da actividade e produção científica

A Universidade Agostinho Neto, sendo uma Universidade de Ensino, Investigação e Produção, tem redobrado os esforços no sentido de empreender maior dinamismo na vertente da Investigação Científica, sendo um dos elementos preponderantes para a visibilidade da UAN.

Para o ano acadêmico 2014, por iniciativa do GEPE a quando da elaboração do Documento intitulado “PROPOSTA PARA A DISTRIBUIÇÃO DAS VIATURAS PROTOCOLARES” que foi orientado pelo Senado da UAN ao Director do GEPE para a sua elaboração, deu-se o kick start para uma abordagem mais analítica e sustentada sobre a Investigação Científica e o seu Produto final na UAN.

A ideia principal deste exercício acadêmico-científico é de criar um mecanismo que nos ajude a refletir sobre a necessidade do aumento do esforço em termos do envolvimento dos Departamentos de Ensino e Investigação (DEI) e os Centros de Investigação (CI), na produção de resultados visíveis para a Investigação Científica, aproveitando o potencial humano existente, concretamente, o corpo Docente Diferenciado e Investigadores.

 

Organização e Estrutura da tabela

Para levar avante esta empreitada académico-cientifica, fora tidos em consideração dois conceitos principais a saber:

– Actividade Cientifica
– Produção Cientifica

 

1. Actividade Cientifica

Considerou-se como actividade cientifica todas as actividades levadas a cabo pelas areas de investigação cientifica nos DEIs e nos CIs. As actividades foram subdivididas em 3 grupos, nomeadamente:

 

A. Projectos de Investigação e pós-graduação

Noutras Instituições
Podem ser projectos de pos graduação profissionalizantes, projectos de especialização, mestrado e doutoramento, levados a cabo em instituições fora da UAN.

Em Curso na UAN
Corresponde aos projectos em curso no ano académico em análise na UAN, com a mesma sub-categoria (projectos de pos graduação profissionalizantes, projectos de especialização, mestrado e doutoramento)

Concluidos na UAN
Corresponde aos projectos de investigação cientifica concluídos no ano académico em analise, com a mesma sub-categoria acima mencionada.

Em Carteira na UAN
Compreende todos os projectos de investigação cientifica que estão a ser preparados para o seu inicio no futuro, fazem parte deste grupo os projectos de pos graduação profissionalizantes, projectos de especialização, mestrado e doutoramento.

 

B. Publicações

Artigos Científicos em Anais de congresso, revistas especializadas, revista da UAN, revista própria da Unidade Orgânica, revista do País; Comunicações Orais; Posters; Revisão de artigos; Livros.

Patentes, Invenções, Prémios Nacionais e Internacionais
Estes 4 itens não são visíveis nas tabelas mas foram também tomados em conta, não sendo actividades muito frequentes no seio das actividades cientificas na UAN (talvez por não serem divulgadas), elas foram especificamente equiparadas a outras actividades existentes, assim:

  • 1 Patente equivale a 1 Publicação de Artigo cientifico + 1 artigo cientifico em revista no estrangeiro
  • 1 Invenção equivale a 1 Publicação de artigo cientifico em revista especializada + Publicação de um livro
  • 1 Premio Internacional equivale a 2 Publicações de artigos científicos em revista no pais
  • 1 Premio Nacional equivale a 2 publicações de artigos científicos em revista na UAN

 

C. Eventos Científicos

– Promoção e Organização: aqueles que a UO promove e organiza
– Participação no País
– Participação no exterior do País

 

2. Produção Cientifica

Para a produção cientifica apenas foram tomadas em conta actividades que efectivamente resultam num produto considerável e com um impacto de grande relevância cientifica, assim sendo, constituem produção cientifica todas as actividades científicas excepto os eventos científicos, os projectos em Carteira na UAN e os projectos de pós-graduação profissionalizantes.

Calculo da actividade e produção cientifica

 

Calculo em Valor absoluto

Para este calculo faz-se a recolha das informações em termos quantitativos de cada unidade orgânica com os seus DEIs e CIs e pela soma destas quantidades podemos saber quantas actividades ou produção cientifica teve cada UO (DEI e CI) em valor absoluto, tendo em conta as definições acima (elementos da actividade e da produção cientifica).

 

Calculo em valores corrigidos pelo seu grau de peso

Apos o lançamento dos dados quantitativos e obtenção dos resultados, observou-se que so com os valores absolutos não se podia fazer uma analise comparativa entre as UOs porque:

– Existiam UOs com elevado numero de actividades cientificas sem nenhuma publicação feita
– Existiam UOs com poucas actividades actividades participadas mas com pelo menos 1 livro publicado
– Se se considerasse apenas a soma dos valores absolutos destas UOs, seria de maior relevância a OU com mais actividades cientificas participadas sendo que, em realidade a publicação de 1 livro tem maior peso do que a participação em actividades.

Com o objectivo de criar um mecanismo que fizesse a correção destas assimetrias, definiu-se um GRAU DE PESO para cada grupo de actividades e produção cientifica e consequentemente para os seus subgrupos, de acordo com a tabela em anexo.

Definidos os GRAUS de PESOS, multiplicou-se cada resultado obtido em valor absoluto pelo seu grau de peso correspondente.

Com o grau de peso foi possível manter todos os resultados obtidos numa base de comparação única.

 

Calculo dos indicadores: razão produção cientifica/docente diferenciado

Um dos grandes propósitos da criação de tabelas com dados estatísticos é a sua posterior analise que so ganha um verdadeiro sentido quando combinado com outros inputs que relevam os factores endógenos e exógenos que flutuam sobre a vida cientifica da Unidade orgânica (DEI e CI).

Par uma verificação das fraquezas ou fortalezas de cada unidade organiza, utilizou-se a razão Produção/Docentes diferenciados ou investigadores.

Com este indicador é possível verificar se a relação produção cientifica VS docente diferenciado ou investigador é uma relação saudável, dai notar que existem UOs com um numero considerável de docentes diferenciados e investigadores mas, em contrapartida têm uma produção científica baixa.

Graus de peso das actividades e produção científica

No de OrdemDesignação do Grupo ou SubgrupoPontosElemento de Produção Científica?
Projectos de Investigação e pós-graduação
1Noutras Instituições3,0
1.1Pós-Graduação Profissionalizante0,2Não
1.2Especialização0,3Sim
1.3Mestrado1,0Sim
1.4Doutoramento1,5Sim
2Em curso na UAN11,0
2.1Pós-Graduação Profissionalizante1,0Não
2.2Especialização1,5Sim
2.3Mestrado3,0Sim
2.4Doutoramento5,5Sim
3Concluidos na UAN16,0
3.1Pós-Graduação profissionalizante1,0Não
3.2Especialização3,0Sim
3.3Mestrado5,0Sim
3.4Doutoramento7,0Sim
4Em Carteira na UAN6,0
4.1Pós-Graduação profissionalizante0,2Não
4.2Especialização0,3Não
4.3Mestrado2,0Não
4.4Doutoramento3,5Não
Publicações50,0
5Artigos científicos anais em congresso8,0Sim
6Artigos científicos em revistas especializadas7,0Sim
7Artigos científicos em revista da UAN4,0Sim
8Artigos científicos em revista própria da U.O (DEI ou CI)3,0Sim
9Artigos científicos em revista nacional5,0Sim
10Artigos científicos em revista internacional8,0Sim
11Comunicações orais3,0Sim
12Posters2,0Sim
13Revisão de artigos3,0Sim
14Livros7,0Sim
Eventos científicos14,0
15Promoção e organização8,0Não
16Participação no País2,0Não
17Participação no estrangeiro4,0Não
Total de Pontos100

This list doesn't contain any files
This list doesn't contain any files