JORNADAS AGOSTINHO NETO SETEMBRO-2017


A Universidade Agostinho Neto celebra o 95º aniversário do seu patrono e fundador da Nação, Dr. António Agostinho Neto, com um conjunto de actividades de reflexão académica e desportivas, inseridas no “Programa Jornadas Agostinho Neto Setembro 2017”, que vão do dia 15 ao dia 29 de Setembro.

A abertura das Jornadas Agostinho Neto Setembro 2017 acontece no dia 15 (Sexta-feira), às 8H00, na Faculdade de Letras, com um discurso da Reitora, Professora Doutora Maria do Rosário Bragança Sambo, seguindo-se a abordagem de três (3) temas, em forma de palestra, sobre “Pensamento Político e Geoestratégico de Agostinho Neto”, pelo professor Doutor Moreira Bastossobre “Neo-realismo na poesia de Agostinho Neto”, pela Drª Kanguimbo Ananás, e sobre “A alma sociológica na poética de Agostinho Neto”, pelo sociólogo Pedro de Castro Maria.

A moderação dos três temas será feita pelo professor Doutor Pedro Magalhães, Vice-Reitor para Área Científica e Pós-Graduação da Universidade Agostinho Neto.

Nos dias 16 e 23 de Setembro haverá actividade desportiva, nomeadamente provas de atletismo e futebol onze, envolvendo  funcionários da Universidade e equipas da Reitoria, das Faculdades  de Ciências, de Engenharia, das Ciências Sociais, de Letras, de Direito, do ISCISA- Instituto Superior de Ciências da Saúde e da ESHOTUR – Escola Superior de Hotelaria e Turismo.

No mesmo âmbito e em comemoração de mais um aniversário da sua criação, que se assinala a 28,  no dia 27 de Setembro, a Universidade Agostinho Neto dará início à sua Conferência Científica sobre o tema “Investigar para o Desenvolvimento de Angola – Situação actual e Desafios”.

A Conferência terá lugar no Hotel Victória Garden. Reunirá mais de 500 participantes e funcionará em  quatro (4) painéis, designadamente: Painel 1 – Ciências Sociais e Humanidades; Painel 2 – Ciências Naturais, Engenharias e Tecnologias; Painel 3 – Ciências Médicas e da Saúde; e Painel 4 – Ciências Agrárias e Veterinárias.

Até o dia 31 de Agosto, data em que terminaram as inscrições, estavam registadas mais de 200 propostas de comunicações científicas, que estão a ser apreciadas pela Subcomissão Científica da Conferência ara conformar o programa definitivo da Conferência.

CURSO DE QUANTUM GIS – SIG uma ferramenta de SIG acessível a todos


O Centro de Botânica da Universidade Agostinho Neto realizou no dia 25 de Julho, em Luanda, em parceria com a BIOTA-Estudos e Divulgação em Ambiente, um curso intitulado- Introdução ao Quantum GIS- uma ferramenta de SIG acessível a todos.

Presidiu o acto de abertura a Magnífica Reitora da UAN, Maria do Rosário Bragança  Sambo que na oportunidade referiu, “Hoje o sistema de informação geográfica, apresenta-se como uma ferramenta moderna e exequível, que garante aos docentes, Investigadores, Técnicos e estudantes, a identificação e realização do mapeamento da diversidade biológica”. A Magnífica  Reitora referiu ainda que o  “Centro de Botânica e a Faculdade de Ciências da UAN, em parceria com a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, apresentaram em Maio último os finalistas do Curso de Gestão e Governança Ambiental cujas dissertações mereceram a oportunidade de serem apresentadas na Conferência Científica a realizar em Setembro pela UAN. Seguem-se pois a conclusão de vários cursos de mestrados em funcionamento na nossa Universidade e desta forma os Centros de investigação dão um importante contributo para a prossecução dos objectivos estruturantes do Plano Nacional de Formação de Quadros”, destacou.

A Directora do Centro de Botânica Profª Esperança da Costa, destacou a relevância da realização destas ações de formação, por permitirem ir construindo capacidade técnica nacional que possa intervir em Estudos de Biodiversidade e Ambiente e fortalecer a capacidade de identificar, inventariar, monitorar os diferentes gradientes ecológicos em que se traduzem os vários e importantíssimos biomas que Angola possui.

A actividade de formação teve lugar no dia 25 de Julho do corrente ano, na sala MUPA do Hotel FÓRUM em Luanda, participaram nesta actividade docentes e investigadores da UAN, de outras Instituições de Ensino Superior, quadros do Ministério do Ambiente, do Ministério da Ciência e Tecnologia, bem como representantes de Organizações Não Governamentais e Empresas ligadas ao Ambiente.

O curso visou capacitar docentes, investigadores e técnicos, dotando-os de habilidades que permitam identificar a biodiversidade e realizar o mapeamento da diversidade biológica.

O Centro tem ainda agendado para o mês de Novembro a realização de um Workshop sobre Quantum GIS, enquanto ferramenta de apoio, acessível a todos.

Outorga de Diplomas a 1725 novos graduados


1 725  novos graduados pela Universidade Agostinho do ano académico de 2016, nomeadamente, 1606 licenciados e 119 mestres,  receberão os seus Diplomas a partir do dia 18 de Julho de 2017,  em cerimónias sucessivas que terão lugar sob os auspícios de cada Unidade Orgânica até o dia 28 de Julho.

A Cerimónia Central de Outorga de Diplomas será reservada a 34 licenciados, os melhores nos seus cursos ao longo da formação e aos 119 mestres. Terá lugar no Campus Universitário, em Camama, no dia 18 de Julho (Terça-feira), a partir das 09 h00, sob a orientação da Magnífica Reitora da Universidade Agostinho Neto, Professora Doutora Maria do Rosário Bragança Sambo.

Cada Unidade Orgânica realizará a sua cerimónia de outorga de diplomas, obedecendo o seguinte calendário:


  1. FACULDADE DE DIREITO – dia 20/07/2017
    Local: NA FACULDADE DE DIREITO

  1. INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE – dia 21/07/2017
    Local: NO CAMPUS UNIVERSITÁRIO, em Camama

  1. FACULDADE DE LETRAS – dia 24/07/2017
    Local: NO CAMPUS UNIVERSITÁRIO, em Camama

  1. FACULDADE DE ECONOMIA – dia 25/07/2017
    Local: No Palácio dos Congressos

  2. FACULDADE DE ENGENHARIA – dia 26/07/2017
    Local: NO CAMPUS UNIVERSITÁRIO, em Camama


  1. FACULDADE DE CIÊNCIAS – dia 26/07/2017
    Local: NO CAMPUS UNIVERSITÁRIO, em Camama

  1. FACULDADE DE MEDICINA – dia 27/07/2017
    Local : ANFITEATRO DA FACULDADE DE MEDICINA

  1. FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS – dia 28/07/2017
    Local: NO CAMPUS UNIVERSITÁRIO, em Camama

WORKSHOP SOBRE: A CONTRIBUIÇÃO DOS RECURSOS FITOGENÉTICOS NA REDUÇÃO DA FOME E DA POBREZA


O Centro de Recursos Fitogenéticos (CRF) da Universidade Agostinho Neto (UAN), em parceria com a Fundação Sagrada Esperança,  realizam no dia 24 de Julho de 2017, a partir das 9h00, o Workshop sobre: A Contribuição dos Recursos Fitogenéticos na Redução da Fome e da Pobreza.

A actividade terá lugar, no Anfiteatro “Afonso Van-Dúnem Mbinda” Edifício Kilamba à marginal de Luanda ,  com o objectivo de contribuir para a redução da fome e da pobreza; mostrar a sociedade que há uma necessidade de conservar os recursos fitogenéticos e esclarecer a importância dos recursos fitogenéticos na produção de novas variedades e a sua utilização.

O Workshop estará repartido em dois painéis, nomeadamente: Os recursos fitogenéticos no contexto nacional e internacional e a Conservação, caracterização agromorfológica e utilização dos Recursos Fitogenéticos.

O Centro de Recursos Fitogenéticos foi estabelecido na Faculdade de Ciências em 1990 e inaugurado como o Centro Nacional de Recursos Fitogenéticos em 1998. Há mais de 20 anos o Centro de Recursos Fitogenéticos tem vindo a recolher, conservar e caracterizar recursos genéticos de plantas agrícolas de importância alimentar. Entre as mais de 4180 amostras do material colectado, fazem parte sementes de cereais (o milho, sorgo e milheto), leguminosas, oleaginosas, hortaliças e algumas plantas medicinais.

 

INSCRIÇÕES para o Doutoramento em Ciências Biomédicas


Admissões para a primeira edição do Doutoramento em Ciências Biomédicas da Universidade Agostinho Neto (UAN), 2017/2021

Estão abertas as candidaturas para o Doutoramento em Ciências Biomédicas na Faculdade de Medicina da Universidade Agostinho Neto, aprovado pelo Decreto Executivo N.º 14/17 de 18 de Janeiro do Ministério do Ensino Superior, publicado no Diário da República I Série N.º 9 de 18 de Janeiro de 2017.

O Doutoramento decorrerá de Setembro de 2017 a Setembro de 2021, a cargo do Centro de Estudos Avançados em Educação e Formação Médica (CEDUMED) da Universidade Agostinho Neto.

Os interessados deverão submeter o respectivo processo de candidatura de 10 de Julho a 10 de Agosto de 2017, fazendo entrega de toda a documentação no Departamento de Investigação Científica e Pós-Graduação da Faculdade de Medicina da UAN (situado no recinto do Hospital Américo Boavida), em papel e em suporte digital, ao cuidado da Secretária do Doutoramento, Dr.ª Elisamã Cardoso.

Constituem habilitações de acesso ao doutoramento os cursos de Licenciatura ou equivalente no ramo das Ciências Biomédicas e afins ou, alternativamente, Mestrado nas mesmas áreas.

Integram o processo de candidatura os seguintes documentos:

Requerimento dirigido ao Decano da Faculdade de Medicina da UAN solicitando admissão ao Doutoramento em Ciências Biomédicas da UAN 2017-2021.

Bilhete de Identidade (nacionais) ou Passaporte (estrangeiros)

Comprovativo acompanhado de Declaração de homologação de estudos para o caso de candidatos que tenham concluído os seus estudos anteriores (Licenciatura/Mestrado) em Angola.

Comprovativo acompanhado de Declaração de reconhecimento de estudos para o caso de candidatos que tenham concluído os seus estudos anteriores (Licenciatura/Mestrado) no exterior do país.

Curriculum vitae, incluindo contactos (um telefónico e um e-mail) e referência pormenorizada e documentada da actividade científica e graus académicos bem como de eventual experiência docente universitária, assim como identificação e contactos da entidade empregadora actual.

Fotografias tipo passe (duas).

Comprovativo de proficiência intermédia na língua inglesa, designadamente para a leitura.

Comprovativo de aptidão em informática na óptica do utilizador, designadamente quanto a motores de busca, gestão de e-mails, processador de texto, folhas de cálculo e bases de dados.

Declaração (formato padrão) em como conhece e aceita a regulamentação e programação, tem condições e disponibilidade para frequentar integralmente esta formação.

Carta de motivação (formato livre) relativamente à frequência deste Doutoramento.

Carta da entidade empregadora autorizando a frequência do doutoramento.

No caso de candidaturas patrocinadas ou custeadas por instituições, o processo de candidatura referido no número anterior deve incluir a respectiva correspondência dirigida ao Decano da Faculdade de Medicina UAN.

Qualquer pedido de informação ou esclarecimento deve ser dirigido a Dr.ª Elisamã Cardoso, Secretária do Doutoramento, através do e-mail biomedicas.uan@gmail.com ou, dentro das horas de expediente, pelo telefone 926523797.

Clique para  baixar:

Doutoramento em Ciências Biomédicas-Decreto Executivo nº14-17 de 18 de Janeiro

Plano curricular do curso-Doutoramento em Ciências Biomédicas

TERMO DE COMPROMISSO-DOUTORAMENTO EM CIENCIAS BIOMÉDICAS DA FMUAN

REGULAMENTO DOUTORAMENTO EM CIÊNCIAS BIOMÉDICAS APROVADO

TAXAS EMOLUMENTOS PROPINAS

EDITAL DOUTORAMENTO EM CIÊNCIAS BIOMÉDICAS FMUAN

Admissões para a primeira edição do Doutoramento em Ciências Biomédicas da Universidade Agostinho Neto (UAN), 2017/2021


Admissões para a primeira edição do Doutoramento em Ciências Biomédicas da Universidade Agostinho Neto (UAN), 2017/2021

Estão abertas as candidaturas para o Doutoramento em Ciências Biomédicas na Faculdade de Medicina da Universidade Agostinho Neto, aprovado pelo Decreto Executivo N.º 14/17 de 18 de Janeiro do Ministério do Ensino Superior, publicado no Diário da República I Série N.º 9 de 18 de Janeiro de 2017.

O Doutoramento decorrerá de Setembro de 2017 a Setembro de 2021, a cargo do Centro de Estudos Avançados em Educação e Formação Médica (CEDUMED) da Universidade Agostinho Neto.

Os interessados deverão submeter o respectivo processo de candidatura de 10 de Julho a 10 de Agosto de 2017, fazendo entrega de toda a documentação no Departamento de Investigação Científica e Pós-Graduação da Faculdade de Medicina da UAN (situado no recinto do Hospital Américo Boavida), em papel e em suporte digital, ao cuidado da Secretária do Doutoramento, Dr.ª Elisamã Cardoso.

Constituem habilitações de acesso ao doutoramento os cursos de Licenciatura ou equivalente no ramo das Ciências Biomédicas e afins ou, alternativamente, Mestrado nas mesmas áreas.

Integram o processo de candidatura os seguintes documentos:

Requerimento dirigido ao Decano da Faculdade de Medicina da UAN solicitando admissão ao Doutoramento em Ciências Biomédicas da UAN 2017-2021.

Bilhete de Identidade (nacionais) ou Passaporte (estrangeiros)

Comprovativo acompanhado de Declaração de homologação de estudos para o caso de candidatos que tenham concluído os seus estudos anteriores (Licenciatura/Mestrado) em Angola.

Comprovativo acompanhado de Declaração de reconhecimento de estudos para o caso de candidatos que tenham concluído os seus estudos anteriores (Licenciatura/Mestrado) no exterior do país.

Curriculum vitae, incluindo contactos (um telefónico e um e-mail) e referência pormenorizada e documentada da actividade científica e graus académicos bem como de eventual experiência docente universitária, assim como identificação e contactos da entidade empregadora actual.

Fotografias tipo passe (duas).

Comprovativo de proficiência intermédia na língua inglesa, designadamente para a leitura.

Comprovativo de aptidão em informática na óptica do utilizador, designadamente quanto a motores de busca, gestão de e-mails, processador de texto, folhas de cálculo e bases de dados.

Declaração (formato padrão) em como conhece e aceita a regulamentação e programação, tem condições e disponibilidade para frequentar integralmente esta formação.

Carta de motivação (formato livre) relativamente à frequência deste Doutoramento.

Carta da entidade empregadora autorizando a frequência do doutoramento.

No caso de candidaturas patrocinadas ou custeadas por instituições, o processo de candidatura referido no número anterior deve incluir a respectiva correspondência dirigida ao Decano da Faculdade de Medicina UAN.

O Regulamento do Doutoramento e outra documentação relevante está disponível no website da UAN: www.uan.ao

Qualquer pedido de informação ou esclarecimento deve ser dirigido a Dr.ª Elisamã Cardoso, Secretária do Doutoramento, através do e-mail biomedicas.uan@gmail.com ou, dentro das horas de expediente, pelo telefone 926523797.

Faculdade de Medicina da UAN, aos 05 de Julho de 2017

O  Decano da Faculdade de Medicina

Prof. Doutor Santos Morais Nicolau

2ª Edição dos cursos de mestrados na Faculdade de Letras


A Faculdade de Letras da Universidade Agostinho Neto, recentemente  a cerimónia de abertura  da 2ª Edição dos cursos de mestrados.

A Faculdade ministra os cursos de mestrados  de Língua Portuguesa, Língua e Literatura em Língua Portuguesa, Língua e Literatura em Línguas Inglesa, Língua e Literatura em Línguas Francesas,  Língua angolanas e Filosofia.

O acto de abertura foi presidido pelo Decano da Faculdade de Letras, Professor Doutor Alexandre Chicuna, seguido de uma palestra subordinada ao tema: Interrogações sobre o Saber em África, proferida pelo Vice-Decano para Área Científica, Professor Doutor Petelo Nginamau Ne-Tava.

Participaram no acto , docentes, estudantes matriculados aos cursos de mestrado.

A Faculdade de Letras formou na primeira edição do curso 110 mestres, sendo: 30 em Língua Portuguesa, 18 em Língua Inglesa, 17 em Língua Francesa, 20 em Língua angolana  e 25 em Filosofia.

 

Primeira mestre em Engenharia Hidráulica formada pela UAN


Carla Mussenoho Issassa tornou-se a primeira mulher mestre em Engenharia Hidráulica, formada pela Faculdade de Engenharia  da Universidade Agostinho Neto.

A apresentação da dissertação para a obtenção de grau de mestre ocorreu no dia 14 de Junho de 2017, na Faculdade de Engenharia, com o corpo de jurado formado pela Doutora Alice Ceita, Professora Titular e Decana da Faculdade de Engenharia da UAN, O Doutor Manuel Maria Pacheco Figueiredo, Professor Auxiliar da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, Doutor António Madaleno, Professor Auxiliar da Faculdade de Engenharia da UAN e o Doutor Francisco Manuel Piqueiro, Professor Auxiliar da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

Carla Issassa foi a única mulher  num grupo de dez mestrandos, com a dissertação do tema: Metodologias para a Optimização Hidráulica da Exploração de um Reservatório de Distribuição. Caso do Reservatório de Talatona, e obteve a  classificação de Muito Bom.

A agora mestre em Engenharia Hidráulica, diz que ser a primeira mulher formada em Engenharia Hidráulica, pela Faculdade de Engenharia,  é  um   sentimento de orgulho, e de dever cumprido, de muita responsabilidade porque temos que continuar a dar  o nosso contributo ao País, visto que existe um défice na área de Engenharia Hidráulica, partindo do principio que a água é vital para o consumo humano.

A Engenheira Hidráulica, disse igualmente que as mulheres não devem desistir dos seus  sonhos, que não existe cursos só para homens ou mulheres, as mulheres devem seguir as suas vocações  e assim trabalharem com firmeza na especialidade em que se formarem, e por outro lado cultivarem o sentimento de  humilde, dedicarem -se mais a investigação cientifica porque é fundamental para o desenvolvimento do nosso País. Angola espera das mulheres atitudes e pensamentos positivos, sem deixar o sentido maternal de cuidar da família. Viva as mulheres de Angola e rumo ao desenvolvimento.

 

Faculdade de Engenharia com novos mestres


A Faculdade de Engenharia da Universidade Agostinho Neto ( UAN), realizou de 12 a 14 de Junho de 2017, as primeiras  dissertações para obtenção do grau de mestre em Engenharia Hidráulica.

Durante três dias os candidatos a mestre defenderam temas como: Necessidades de disponibilidades de Água na Bacia Hidrográfica do Rio Catumbela; A Importância da Regularização de Caudais do Rio Cunene pelo Aproveitamento Hidrográfico do Gove, e a Necessidade de Revisão do Acordo de 1969 sobre a Partilha de Recursos Hídricos; Análise de Vãos Livres em Pipelines; Dragagens em Portos. Caso do Porto de Luanda; Sistema de Captação de Água do Rio Dande para Abastecimento à População da Cidade de Caxito; Princípios e Regras para Modelação Hidráulica de uma Rede de Distribuição Sistema Guiné-Malanje; Metodologia para o Controlo de Caudal e Pressão na Rede de Distribuição à Ilha de Luanda; Abastecimento Intermitente à Rede de Distribuição de Água do Camama (Sistema 3); Caracterização Física e Hidráulica de um Sistema de Drenagem das Águas Residuais. Procedimentos, variáveis e indicadores; e Metodologias para a Optimização Hidráulica da Exploração de um Reservatório de Distribuição. Caso do Reservatório de Talatona.

No acto das defesas destacaram-se os mestrandos José Munana Kamena, Carlos Francisco João e Hermenegildo de Miranda Dala, que obtiveram a classificação de Bom com Distinção. Obtiveram a classificação de Muito Bom, os  mestrandos Arlon Armando e Carla Mussenoho Issassa.

No dia 26 do corrente mês serão igualmente apresentadas duas  dissertações para obtenção do grau de mestre em Engenharia de Estruturas, a partir das 14h00, no auditório novo da Faculdade de Engenharia, sita na Av. 21 de Janeiro.

A  acção do vento em coberturas de edifícios metálicos, será o tema apresentado pelo mestrando, Medci Kahenda Pina Monteiro da Silva e o dimensionamento de lajes fungiformes de edifícios com ou sem inclusão de pré-esforço, será dissertado pelo mestrando Adão António Domingos.

 

APRESENTAÇÃO DO RELATÓRIO MUNDIAL DO PNUD SOBRE DESENVOLVIMENTO HUMANO 2016


A Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto, em parceria
com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), acolherá, amanhã, dia 14 de Junho de 2017, às 9h00, o Acto de Apresentação do Relatório Mundial do PNUD sobre Desenvolvimento Humano 2016, no Auditório Maria do Carmo Medina, sita na Av. Ho chi Min.

O Discurso de abertura será proferido pela Magnífica Reitora da UAN, Professora Doutora Maria do Rosário Bragança Sambo.

A apresentação do Relatório sobre Desenvolvimento Humano, será feita pela Representante do PNUD, Doutora Glenda Gallardo, Conselheira Económica do PNUD, e pelo Coordenador da Área de Crescimento Inclusivo do PNUD, Doutor José Félix.