CURSO DE QUANTUM GIS – SIG uma ferramenta de SIG acessível a todos


O Centro de Botânica da Universidade Agostinho Neto realizou no dia 25 de Julho, em Luanda, em parceria com a BIOTA-Estudos e Divulgação em Ambiente, um curso intitulado- Introdução ao Quantum GIS- uma ferramenta de SIG acessível a todos.

Presidiu o acto de abertura a Magnífica Reitora da UAN, Maria do Rosário Bragança  Sambo que na oportunidade referiu, “Hoje o sistema de informação geográfica, apresenta-se como uma ferramenta moderna e exequível, que garante aos docentes, Investigadores, Técnicos e estudantes, a identificação e realização do mapeamento da diversidade biológica”. A Magnífica  Reitora referiu ainda que o  “Centro de Botânica e a Faculdade de Ciências da UAN, em parceria com a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, apresentaram em Maio último os finalistas do Curso de Gestão e Governança Ambiental cujas dissertações mereceram a oportunidade de serem apresentadas na Conferência Científica a realizar em Setembro pela UAN. Seguem-se pois a conclusão de vários cursos de mestrados em funcionamento na nossa Universidade e desta forma os Centros de investigação dão um importante contributo para a prossecução dos objectivos estruturantes do Plano Nacional de Formação de Quadros”, destacou.

A Directora do Centro de Botânica Profª Esperança da Costa, destacou a relevância da realização destas ações de formação, por permitirem ir construindo capacidade técnica nacional que possa intervir em Estudos de Biodiversidade e Ambiente e fortalecer a capacidade de identificar, inventariar, monitorar os diferentes gradientes ecológicos em que se traduzem os vários e importantíssimos biomas que Angola possui.

A actividade de formação teve lugar no dia 25 de Julho do corrente ano, na sala MUPA do Hotel FÓRUM em Luanda, participaram nesta actividade docentes e investigadores da UAN, de outras Instituições de Ensino Superior, quadros do Ministério do Ambiente, do Ministério da Ciência e Tecnologia, bem como representantes de Organizações Não Governamentais e Empresas ligadas ao Ambiente.

O curso visou capacitar docentes, investigadores e técnicos, dotando-os de habilidades que permitam identificar a biodiversidade e realizar o mapeamento da diversidade biológica.

O Centro tem ainda agendado para o mês de Novembro a realização de um Workshop sobre Quantum GIS, enquanto ferramenta de apoio, acessível a todos.

Universidade Agostinho Neto vence “Olimpíadas Universitárias”


A Universidade Agostinho Neto (UAN) venceu a primeira edição do concurso “Olimpíadas Universitárias – Quadros de Excelência”, cujos resultados foram divulgados dia 21 de Dezembro, quarta-feira, em Luanda.

O concurso está inserido no âmbito do programa “Sucesso Escolar e Mérito estudantil”, promovido pela JMPLA. Os vencedores receberam certificados de participação, medalhas e uma taça, correspondente ao lugar que ocupou na competição.

Em declarações à imprensa, no final da cerimónia, o primeiro secretário provincial da JMPLA de Luanda, Nelson Funete, disse que foram cumpridos os objectivos preconizados pela organização do concurso.

A organização do concurso, referiu, está a trabalhar com parceiros no sentido atribuir bolsas de estudo internas e proporcionar estágios profissionais, em instituições públicas e privadas, aos vencedores.

Segundo Nelson Funete, durante o concurso vários estudantes se destacaram ao demonstrar o seu talento académico, que pode ser aproveitado para futuras acções do Executivo.

Anunciou que a JMPLA pretende realizar a II edição das “Olimpíadas Universitárias – Quadros de Excelência”, em Abril 2017, com melhor qualidade e mais abrangente.

No concurso, foram avaliados projectos do ramo da Engenharia Civil, Engenharia Eléctrica, Engenharia Urbanística, Engenharia de Petróleo e Engenharia Informática.

A iniciativa tem o objectivo de buscar soluções para os vários problemas sociais que a província de Luanda vive, através de projectos cientificamente comprovados e possibilitar a identificação de futuros quadros talentosos, no sentido de orientá-los académica e profissionalmente.

Fonte: Angop

1ª Jornada Científica de Engenharia Geográfica


Subordinado ao tema: Produção e Divulgação de Informação Geo-espacial para Um Desenvolvimento Sustentável, o Departamento de Engenharia Geográfica da Faculdade de Ciências da Universidade Agostinho Neto promove e realiza, na sala Magna da Faculdade de Ciências, à Marginal de Luanda, a partir das 8 Horas, de 19 a 23 de Setembro de 2016, a 1ª Jornada Científica de Engenharia Geográfica.

A actividade tem como objectivos: apresentar e discutir questões relacionadas com as atribuições da Engenharia Geográfica, dar maior visibilidade ao curso, realçar o seu papel na diversificação da economia e o contributo para um desenvolvimento sustentável por meio da produção de informação Geo-espacial, além de facilitar o intercâmbio entre os estudantes, professores e profissionais do ramo.

 O evento estará repartido em Palestras, Conferências e Sessão de Posters, baseados nos grandes ramos da Engenharia Geográfica e na produção de informação Geo-espacial, sendo por isso agrupados da seguinte forma:

  1. Geodesia e Astronomia Geodésica;
  2. Topografia Aplicada, Cadastro e Hidrografia;
  3. Fotogrametria e Teledetecção;
  4. Cartografia Digital e Sistemas de Informação Geográfica;
  5. Produção de Informação Geo-espacial, meio ambiente e formação de recursos humano.

Inscrições e envio de resumos pelo correio electrónico:

jornadas.eng.geografica2016@gmail.com

Jornada Científica de Engenharia Geográfica


Subordinado ao tema: Produção e Divulgação de Informação Geo-espacial para Um Desenvolvimento Sustentável, o Departamento de Engenharia Geográfica da Faculdade de Ciências da Universidade Agostinho Neto promove na sala Magna da Faculdade de Ciências, à Marginal de Luanda, a partir das 8 Horas, de 19 a 23 de Setembro de 2016, a 1ª Jornada Científica de Engenharia Geográfica.

Inscrições e envio de resumos pelo correio electrónico:

jornadas.eng.geografica2016@gmail.com

 

Semana do Biólogo na Faculdade de Ciências


Por ocasião do 03 de Setembro – Dia do Biólogo, o Departamento de Biologia da Faculdade de Ciências da Universidade Agostinho Neto celebra a “Semana do Biólogo”, que decorrerá de 05 a 08 de Setembro 2016.

A conferência Inaugural será proferida pela Ministra das Pescas, Dra. Victória de Barros Neto, na Segunda-feira, dia 5, a partir das 09h00, na sala Magna da Faculdade de Ciências, à Marginal de Luanda.

O biólogo é um profissional que actua nos diversos campos da Biologia, ou seja, em todas as áreas que envolvem o estudo da vida. A área de actuação do biólogo é bastante ampla e divide-se em três campos principais: Meio Ambiente e Biodiversidade, Saúde, Biotecnologia e Produção.

Estudantes organizam excursão e refletem sobre problemas contemporâneos em Cabo Ledo


Associação dos Estudantes da Faculdade Ciências da UAN (AEFCUAN) promoveu, de 05 a 07 de Agosto de 2016, uma excursão à Comuna de  Cabo Ledo, Município de Quiçama, Província de Luanda.

O encontro reuniu 45 estudantes no Polígono de Práticas de Cabo Ledo com o  objectivo de reflectir  sobre  o papel dos estudantes universitários na sociedade angolana de hoje e a vida associativa.

Os estudantes debateram diversos temas, entre os quais a  crise económica actual e sua influência na vida da juventude; os aspectos ligados à moral e à sexualidade.

Escola Africana de Matemática


O Campus Universitário da Universidade Agostinho Neto (UAN) acolhe, de 22 de Agosto a 2 de Setembro de 2016, a Escola Africana de Matemática de Análise Harmónica Equações em Derivadas Parciais e Aplicações.

Para a edição deste ano, estão inscritos 47 participantes, sendo  32 nacionais e 15 estrangeiros.

A escola tem como objectivos Habilitar os participantes a compreender as ideias básicas em análise harmónica de diferentes perspetivas;
Introduzir as tendências actuais em análise harmónica para os estudantes de pós- graduação e professores jovens e discutir possíveis temas de pesquisas para mestres e futuros doutores e Proporcionar um fórum para os matemáticos africanos de modo a interagir e trocar ideias assim como iniciar colaborações com os seus homólogos de outros países.

A escola tem como público-alvo estudantes de Pós-graduação (Mestrandos e Doutorandos),
assim como jovens membros da comunidade académica de África Austral.
 As palestras e aulas serão ministradas em inglês.